ROFF é caso de estudo da Eurofound

A ROFF é a única empresa portuguesa escolhida para integrar um estudo sobre as inovações na organização do trabalho realizado pela Fundação Europeia para a Melhoria das Condições de Vida e de Trabalho (Eurofound). A investigação, conduzida através de casos de estudo em 13 Estados-Membros da União Europeia, conclui que a introdução de práticas inovadoras nos domínios da flexibilidade laboral e do envolvimento dos colaboradores têm impacto positivo no aumento da produtividade.

O estudo explora as ligações entre as práticas de trabalho de elevado desempenho (PTED) e os seus benefícios tanto para os trabalhadores como para as organizações apontando que os modelos de atuação e gestão, que como o da ROFF, são baseados num sistema laboral flexível e com uma estrutura hierárquica plana, beneficiam o trabalho em equipa e o envolvimento e motivação dos colaboradores. Em consequência, as empresas obtêm melhores níveis de produtividade, melhorias na qualidade dos serviços e redução de custos operacionais.

Para além disso, as empresas que adotam este tipo de posicionamento face aos seus recursos humanos, através de medidas que incluem o enriquecimento de funções, níveis acrescidos de autonomia, desenvolvimento de competências, formação, maior confiança e apoio e abertura para o diálogo representam um contributo decisivo para o crescimento e criação de emprego.

Os colaboradores, por seu lado, beneficiam de melhorias ao nível do bem-estar e motivação, equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, saúde e estilo de vida.

A Eurofound (Fundação Europeia para a Melhoria das Condições de Vida e de Trabalho) é uma agência da União Europeia, especializada em políticas comunitárias relacionadas com questões sociais e de emprego.

Consulte o relatório completo aqui.