ROFF leciona unidade extracurricular OutSystems no Politécnico de Bragança

A ROFF, empresa do grupo Gfi, está a lecionar uma nova unidade extracurricular sobre a tecnologia OutSystems no âmbito do protocolo estabelecido entre o Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e a consultora.

A nova unidade extracurricular será lecionada no segundo semestre do ano letivo de 2019/2020 e capacitará os alunos da ESTiG (Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Bragança) com competências OutSystems, incluindo o desenvolvimento de uma aplicação utilizando esta tecnologia low-code. A unidade extracurricular terá uma componente de 120 horas letivas e inclui certificação na plataforma de desenvolvimento.

“A ROFF tem procurado, de forma sustentada, criar parcerias que lhe permitam solidificar e desenvolver as suas valências na tecnologia OutSystems. Através da promoção de sinergias com parceiros como o Instituto Politécnico de Bragança e a OutSystems decidimos apoiar, através do nosso conhecimento e experiência técnica construída ao longo dos 17 anos de parceria, a formação nesta plataforma de futuro de novos profissionais na área das Tecnologias de Informação."

Francisco Febrero, CEO da ROFF

Para Gonçalo Gaiolas, Vice-Presidente da OutSystems, "esta colaboração entre a tecnológica OutSystems, o Instituto Politécnico de Bragança e a ROFF, irá adicionar aos alunos do Politécnico as competências digitais mais procuradas no mundo tecnológico e assim acelerar a sua integração do mercado de trabalho. Este acordo é mais um passo importante na estratégia de educação definida pela OutSystems e que tem potenciado a criação de postos de trabalho em territórios de baixa densidade populacional por todo o País."

Orlando Rodrigues, Presidente do IPB, refere que “o IPB tem vindo a afirmar-se como um ecossistema de cocriação de inovação, envolvendo a comunidade científica e os alunos em parcerias firmes com as empresas e organizações, visando criar uma economia regional baseada no conhecimento e com forte articulação internacional. Os projetos de inovação pedagógica do IPB têm sido sustentados por uma maior aproximação às empresas, à economia e à sociedade, imergindo os estudantes em ambientes reais, tanto empresariais como de investigação científica aplicada. A parceria ROFF/OutSystems é um contributo importante para esta estratégia do IPB, proporcionando aos estudantes oportunidades de formação com uma forte ligação ao mercado de trabalho.”

O centro tecnológico da ROFF em Bragança arrancou no final de 2017, e tem como objetivo a produção normalizada de software para clientes globais contando já com um total de 22 consultores de programação. A ROFF prevê continuar a fazer crescer o número de profissionais na equipa de Bragança. Atualmente, este centro é responsável pelo desenvolvimento remoto para múltiplos clientes ativos, localizados sobretudo em Portugal e Suíça.