Prémio ROFF distingue licenciado da Força Aérea Portuguesa

O alferes Tomás De Oliveira Barros foi o melhor estudante universitário a licenciar-se na formação militar complementar, no curso de Engenharia Aeronáutica.

A ROFF/Inetum, empresa líder no mercado português na implementação de soluções SAP, distinguiu o estudante universitário Tomás De Oliveira Barros, que a nível nacional, concluiu com a nota mais alta o curso na formação militar complementar. O alferes Tomás De Oliveira Barros completou o curso de Engenharia Aeronáutica com 15,39 valores.

“É um enorme orgulho e entusiasmo distinguir com o “Prémio ROFF” um dos melhores alunos da Força Aérea, reconhecendo a excelência do ensino superior militar, na Academia da Força Aérea, que, todos os anos, prepara quadros militares, altamente qualificados, com competências nas várias áreas. Neste caso em concreto a ROFF/Inetum premeia o alferes Tomás De Oliveira Barros, que terminou o curso de Engenharia Aeronáutica com distinção”.

Francisco Febrero, Group Corporate VP & CEO SAP BL & Head of Portugal da Inetum

O galardão foi entregue durante a cerimónia de abertura solene do Ano Letivo da Academia da Força Aérea (AFA), no passado dia 30 de outubro, numa cerimónia transmitida por streaming nas Redes Sociais da AFA, devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19.

A Academia da Força Aérea leciona atualmente os cursos de Engenharia Aeronáutica, Engenharia de Aeródromos, Engenharia Eletrotécnica e Administração Aeronáutica. Em 2006, a AFA deu início a uma reestruturação dos cursos universitários, de modo a adaptar os planos de estudo ao Processo de Bolonha. Além dos cursos de ensino superior público militar, a AFA destaca-se ainda em diversos projetos de investigação científica nacionais e internacionais.